Festa da Peppa pra meninos – sim, e por que não?

24 abr

Alô, alô queridezas – estamos voltando… Dizem que no Brasil o ano só começa depois do Carnaval – pois nesse blog é só depois das festinhas de aniversário dos nossos pequenos – já que bolar e confeccionar tudo tudinho, com dedicação de mãe, requer todos os neurônios trabalhando num feliz sistema fordista! Mas, enfim, os aniversários chegaram e passaram com sucesso [ambos em março: o do Pi no início do mês e o do Dimi no último dia], então: ueeeba, estamos de volta!

Todas as fotos desse post pertencem ao nosso arquivo pessoal, são fotos de família, portanto, não roube e chame de suas que isso deve dar inferno, na certa! Obrigada ;)

Todas as fotos desse post pertencem ao nosso arquivo pessoal, são fotos de família, portanto, não roube e chame de suas que isso deve dar inferno, na certa! Obrigada 😉

Qdo comecei a planejar a festa de dois anos do meu gordinho, pensei inicialmente em temas práticos e bonitos, mas nada de personagens,  já que ele ainda não demonstrava preferência por nenhum – e outra: fazer uma festa caseira e cuidar da decoração praticamente sozinha… limita um tanto as opções.  Mas… para me salvar de ter que decidir entre minimonstros ou little man [a festa do mustache – e eu estava mto inclinada a ela], eis que menino não foi imune: caiu de amores pelo mundo Peppa, especialmente por ela, essa porquinha fofa e maleducada que é a Peppa Pig.

Peeepa Pig

Exceto essa, essa é da família Pig!

E eu nem pensei duas vezes – se é Peppa Pig que ele curte, é Peppa Party que vamos ter no segundo Grande Dia do Dimi – e por que não? Por que é cor de rosa? [o texto segue…]– Ah, me poupe! É por conta de pensamentos idiotas preconceituosos desse tipo que tantas crianças sofrem em vão… e se tornam indivíduos com a autoestima comprometida, isso quando não crescem para perpetuar a idiotice no mundo!

Esse sexismo de cores me parece tão obviamente ridículo que eu nem ia comentar aqui, mas depois de ter visto uma versão de festa da galinha pintadinha ‘para menina’ onde substituíam o azul por rosa… Antes que façam o mesmo tipo de adaptação com a Peppa e criem uma família Pig zumbi, achei importante aprofundar esse post aqui [caso você queira simplesmente ver as figurinhas, corra ao fim do texto – caso também esteja aberto a questionamentos valiosos da maternagem, agarra essa linha de pensamento e continue comigo]:

Início do devaneio ideologista >> Qual é o objetivo de uma festa de aniversário? Agradar a quem? Aos convidados? Ok, eles tem que ser bem servidos, bem recebidos, mas… não – a resposta é uma só: ao aniversariante! E se o meu filho gostasse de My Little Pony, eu não pensaria duas vezes antes de começar a cortar ‘poneizinhas’ de papel purpurinadas para as tags!

Sabe o que acontece quando se diz a uma menina que ela não pode brincar de carrinho ou de ferramentas e que um menino não pode brincar de casinha ou de boneca? Não estamos com isso ‘salvando nossos ricos descendentes’ da homossexualidade inerte – uma porque ser gay não é doença ou danação que necessite de salvação; outra porque não é um comportamento, algo que possa ser ensinado ou repreendido – a sexualidade de um indivíduo não é uma opção – é uma condição. então, é bem provável que, se o seu [ou o meu] filho for hétero ou gay quando adulto, esses ‘sentimentos’ já estejam ali desde sempre, ainda que confusos e imaturos. E isso não é algo que requer preocupação – sexualidade nada tem a ver com caráter. Tá na hora de se aceitar isso! 

Dizer que é errado  menina fazer ‘coisa de menino’ e menino fazer ‘coisa de menina’ é assumir que vivemos num mundo onde mulheres e homens têm papéis limitados e pré-definidos em função da genitália que possuem – então, a menos que seu filho vá crescer em algum lugar dos anos 50, meu bem, você não está fazendo isso certo!

Dizer que seu filho pode brincar do que quiser, ter o aniversário no tema e nas cores que quiser – vestir essas mesmas cores – é não perpetuar o preconceito! É criar um pequeno cidadão livre de neuras e cheio de autoestima – é dizer, com atos e amor, que ele pode SER o que ele quiser! << fim do devaneio ideologista.


 

Mas esse post deveria estar falando alegremente sobre decoração caseira de festinha infantil – mais especificamente FESTA DA PEPPA – para meninos, meninas, cachorros, gatos e quem mais goste da porquinha [por que eu não consigo mastigar e engolir as polêmicas como se fossem balinhas de goma? por quê?] – então, vamos ao que interessa: Peeeeeepa Pig!

Entre uma foto e outra, pausa para algumas NOTAS RELEVANTES que devem ajudar quem resolveu embarcar nessa mesma onda:

Sendo lindos numa foto estilo 'nosso álbum de família'

Sendo lindos numa foto estilo ‘nosso álbum de família’

 

  • Toda boa festinha começa com planejamento – e no caso da decoração, pesquisas e mais pesquisas na internet! Organize um acervo de imagens e ideias inspiradoras! Bom, se você veio parar aqui exatamente com esse intuito, bingo!
Como eu disse, o lugar já era lindo! O que facilita demais a decoração! Eis a entrada da festinha (o cesto dos presentes ficava quase sob a mesa) -fotos feitas pela amiga Anah-linda

Como eu disse, o lugar já era lindo! O que facilita demais a decoração! Eis a entrada da festinha (o cesto dos presentes ficava quase sob a mesa) -fotos feitas pela amiga Anah-linda

  • Fazer uma festinha onde, em questão de orçamento, o céu é o limite… é fácil. Aqui, não foi esse o caso [aliás, nunca é]; estamos num processo de obras e mudanças de casa, então… o ‘certo’ seria nem fazer festa esse ano, mas… Não achei justo com o Dimi não fazer uma festinha só porque não poderia convidar ‘todo mundo’ – sendo que ele nem reconhece metade desse ‘todo mundo’ aí. Então, conseguimos um local e convidamos o número de pessoas que esse local comportava – 60 pessoas, entre adultos e crianças [sendo que haviam mais de 10 crianças  na faixa dos 2 anos]
Ainda que se possa fazer tudo sozinha, uma ajuda é sempre muito bem-vinda: uma amiga (Anah) improvisou esses arranjos para o banheiro, outra me (Gabrielle Cury) me emprestou essa suqueira liiinda que a Pri se encarregou de encher com essa água aromatizada com frutas - aprovada por crianças e adultos

Ainda que se possa fazer tudo sozinha, uma ajuda é sempre bem-vinda: uma amiga (Anah) improvisou arranjos para os banheiro, outra (Gabrielle Cury) emprestou essa suqueira linda que outra, a Pri, se encarregou de encher com água aromatizada de frutas – aprovada por crianças e adultos

 

  • Todas as tags e imagens de Peppa e família foram impressas, recortadas e finalizadas manualmente em casa. Fiz ainda os brigadeiros de copinho (nunca mais enrolo um docinho! a festa de primeiro ano me traumatizou), as lembrancinhas (livro de colorir da peppa), a decoração das mesas, um varal de fotos do aniversariante, a letra “D” gigante, um pompom enorme feito uma nuvem com gotas de chuva colorida, imagens da família Pig em porta-retratos, pepinhas para personalizar copinhos, chapéus, etc! Personalize e faça você mesma! Maaaas como eu já disse aqui, essa festinha foi para cerca de 60 pessoas. Fazer em casa  a decoração de uma festa muito maior…  São outros quinhentos!

 [NOTA para Eu Mesma do futuro: aqui vou inserir mais uma imagem com as crianças brincando – mas como tô ansiosa para postar, vai assim por enquanto- imaginem a imagem: são crianças lindas, tem piscina de bolinhas, brinquedos e carinhas risonhas]

  • Prioridades! Estabeleça as suas! Festa de criança tem que ter o quê? Cerveja e palhaço? Nãaaaao, por favor! Tem que ter entretenimento  para as crianças [eu aluguei uma piscina de bolinhas, fiz uma parede de balões e levei toda a coleção de brinquedos ‘daquela marca que não me paga por propaganda’ do Dimi – a criançada pirou!] — tem que ter também comida para criança! Especialmente se o seu filhote for como o meu, que troca qualquer guloseima por um prato de feijão! E teve isso mesmo: caldinho de feijão para os pequenos!  Fez o maior sucesso! Teve ainda, entre os salgadinhos, pão de queijo e mini sanduíches coloridos com legumes e requeijão – além, é claro, dos cupcakes temáticos e dos biscoitos mais lindos do mundo que, assim como o caldinho de feijão, o pão de queijo e os sandubinhas, foram feitos por uma moça mui prendada chamada a mestre dos Peppa cookies, Pri Araujo:
Peppa Cookies - receita secreta da Pri Araújo - os cortadores eu encontrei numa loja virtual bem bacana, a Goumella. Detalhe para a bandeja de pepinhas atacada! Mistério...

Peppa Cookies – receita secreta da Pri Araujo – os cortadores eu encontrei numa loja virtual bem bacana, a Goumella. Detalhe para a bandeja de pepinhas misteriosamente atacadas!

 

Créditos das fotos: a maioria de Anah Paula Silva & Familião - algumas da amiga Lisa Vechia (obrigada por mais essa força, pessoas queridas)

Créditos das fotos: a maioria de Anah Paula Silva & Familião (obrigada por mais essa força, pessoas queridas)


 

Pausa para os devidos agradecimentos: Anah Paula Silva e Familião, Ma Morini e Gabrielle Cury – sorte a de vcs não morarem perto o suficiente para me aturar em tempo real! A Lisa Vecchia pelo galho quebrado por sua máquina salvadora no final da festa. A vovó Maruka que fez guloseimas deliciosas! Ao Monaghans  pelo espaço cedido. A Pri Araújo por tudo tudo. Ao marido Jairo Lopes por mais um pouco. E a todos que, de alguma forma, fizeram parte dessa festinha.

Devo dizer: fiquei feliz demais com o resultado! Espero que sirva de inspiração para outras Peppa-festas 😉


 

E pra finalizar, destaque para 5 Dicas de ouro:

1. Organize uma festa da qual possa dar conta [isso inclui tempo, qto de ajuda você pode contar – e habilidade – para os preparativos, além de grana: se você não é do tipo que faz um pé de meia para a próxima festinha, pelo menos não leve dívidas entre as lembranças dessa!]

2. Na hora de escolher o local para a festinha, além do preço, do número de convidados e das acomodações, leve em consideração o quanto esse local facilita ou dificulta a decoração [como são as paredes? e o teto? a entrada? a iluminação? mesa do bolo? Inclui louça? E toalhas? etc].

3. Qto antes você começar, mais você economizará! É difícil encontrar pelúcias e artigos personalizados de Peppa [por um preço razoável] no Brasil – então, se você  tiver coragem e pelo menos uns 2 meses até a festinha, aventure-se nesses ebays da vida – vale muito a pena! Vale também pedir para as amigas que moram em cidades mais ‘tchans’ que a sua ficarem com os sentidos alertas para ‘coisas Pig’ e coisas que você precisa para a festinha [e é aqui que eu digo: Ma Morini, eu não te amo só pelo bando de coisas que tu achou pra mim na 25, mas certo que eu te amo muito mais por conta disso – especialmente pelos canudos coloridos e bolotas gigantes de papel ;]

4. Gostou dos Pompons [sim, existe vida sem balões!],  quer uma letra gigante, mas não sabe como fazer?! Eu também não sabia – mas hoje em dia, não há nada que não se aprenda em 10 minutos no santo YouTube, no final desse post tem uma lista de links e alguns tutoriais que podem ser úteis!

5. Lembre-se que dá pra fazer uma festinha muito legal com pouca grana, sim! Mas isso exige mto mais criatividade e, principalmente: dedicação! [dedos doem depois de cortar a centésima pepinha, mas compensa 😉


LINKS PRA ESPIAR:

Como fazer a letra gigante: [a minha, forrei com papel contact] http://aslinguarudas.wordpress.com/2012/02/18/letras-para-decorar/

Fotos no estilo polaroides: [nas minhas, fiz a arte no Photoshop e mandei imprimir na gráfica, numa folha A3 – recortamos em casa] http://www.omundodejess.com/2013/03/dica-como-eu-revelo-fotos-ao-estilo.html

Pompons de papel de seda [ou crepom – os pequenos são mais maleáveis em crepom]

http://fazendoaminhafesta.com.br/2013/10/passo-a-passo-para-fazer-pompons.html https://www.youtube.com/watch?v=TUeGdvjvzl

Kit digital de tags e rótulos [não usei nenhum, catei as imagens dos personagens na internet e montei as artes personalizadas no photoshop. Usei papel de presente colorido, tesoura de picotar e pelotinas para fazer a base – e para o cabinho das tags, usei pazinhas de mexer café]:

E mais bons links com ideias de Peppa Party e festinhas em geral

 


 

Dúvidas, escrevam nos comentários que eu respondo — aqui, ou lá, na nossa Fanpage do Facebook.

Obrigada pela lida. Beijos e muitas poças de lama e dinossauros para vocês!

Anúncios

13 Respostas to “Festa da Peppa pra meninos – sim, e por que não?”

  1. Lisa 25 de abril de 2014 às 2:56 AM #

    Tava tudo muito bacana e os babys amaram! O meu então…Fomos uns dos últimos a ir embora e, no outro dia, o Xel ainda batia palmas pro Dimi! Hahah
    Foi tudo muito bem pensado e agradou bastante [ao menos o meu pequeno], começando pelos pães de queijo! 😉

  2. Lisa 25 de abril de 2014 às 3:28 AM #

    PS: essa coisa de não engolir aquilo que te desagrada é uma das coisas que admiro em ti… E tu ta certa: que nossos filhos tenham um mundo colorido – e que seja da cor que quiserem!
    😉

    • Ju Blasina 25 de abril de 2014 às 11:09 AM #

      Obrigada, Lisa! Esse mundo há de ser bem melhor tendo nele essas criaturinhas que estamos criando a base de todo amor do mundo, liberdade e uma pitada – generosa – de loucura da melhor qualidade! Não é, não? 😉 Tomara que os nossos continuem próximos e que nós, aproximadas por eles, tb (como ele trazem coisas boas preás nossas vidas!) Bju

  3. milene baldez 25 de abril de 2014 às 12:30 PM #

    Sensacional! Marca Ju!

  4. denise lopes germann 18 de julho de 2014 às 12:14 PM #

    Oi, gostaria de saber onde consigo a forminha para biscoito da peppa

    • Ju Blasina 22 de julho de 2014 às 4:27 PM #

      Oi, Denise – os meus, comprei do Gourmella – quando comprei só tinha esse modelo das cabeças, agora já vi que tem também dinossauro e Peppa e George com corpinhos! Se achar em outro lugar, traga a dica!
      Beijus

  5. Lorenzo 22 de julho de 2014 às 2:41 PM #

    Pena que já criaram a nova Versão da Peppa Menino verde branco e azul
    Menina rosa branco e vermelho Aff’s isso e tudo inveja da alegria dos outros

  6. Valéria Aparecida Machado 19 de agosto de 2014 às 10:34 AM #

    Puxa amei as ideias, queria umas dicas pra personalizar uma festa tão bem como vc!
    Tenho um menino de três aninhos e ele ama a Peppa Pig, como o seu Dimi!!
    Gostaria de fazer a festa dele com esse tema!!

    • Ju Blasina 19 de agosto de 2014 às 10:55 AM #

      Vai em frente, Valéria! Dá uma espiada nos links do final do texto, foram as dicas que mais me ajudaram, espero que te ajude tb! Depois manda foto de como ficou a festinha! Bjus

  7. Maria Aldenoura Maia 8 de outubro de 2014 às 4:06 PM #

    A festa ficou linda! Parabéns! Concordo com você em gênero, número e grau! Meu filho também adora a Peppa e ele tem 06 anos. Dia da criança chegando e o presente: casa da Peppa… rsrsrs Adorei que ele escolheu esse presente porque assim posso brincar de casinha com Vinicius e Kauê, meus dois filhotes!

    • Ju Blasina 8 de outubro de 2014 às 4:51 PM #

      Isso aí! Muito bem!!! Meninos não vão morar numa casa quando saírem da nossa? então! Tem que brincar de casinha e muito! E de boneca tb, caso um dia queiram ter filhos! Da mesma forma que as meninas vão dirigir no futuro, como não brincar de carrinho? #sexismoNÃO

Trackbacks/Pingbacks

  1. Um desmame (natural e) surreal | andoGESTando - 23 de maio de 2014

    […] que completou 2 anos, Dimi está… em crise: chora por tudo, briga e bate e joga com as coisas,  mama [ou mamava] zilhões de vezes por dia, […]

  2. Terrible Twos ou ‘Mr Hyde: é você, meu filho?’ | andoGESTando - 4 de junho de 2014

    […] que completou 2 anos Dimi tem apresentado um comportamento que eu costumo descrever como ‘com a macaca’ […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: