E aí o pai encontra esse achado…

14 jan

20140115-001243.jpg

…escrito 3 meses antes do Pi nascer.

“Filho, seu mundo deve ser gostosinho.
Tem um gabirrão, que mais parece um aquário, para acomodar você. Tem alimento o tempo todo. A mãe é calma.
Aqui em casa já tem seu irmão esperando. Você vai notar que ele tem tração nas quatro rodas (e nós – sua mãe, seu pai e você – só em duas), dorme mais de 12 horas todo santo dia e fala só com os olhos e com as patas. Ele late, mas é bem medroso. Tem voz de Nelson Gonçalves, mas na hora agá ele é baitolinha – o amigo ideal para você, pois é quase uma pelúcia. Tem um bafo esquisito, mas com isso aí você acostuma (o bafo do pai, quando come alho e cebola, fica parecido).
Quando você vier para cá, vai sentir saudades aí de dentro e vai chorar. Não faz mal, isso passa. Depois a gente fica velho e guarda no subconsciente uma recordação daqueles 9 meses de serenidade que viveu no gabirrão.
Filho, vem logo, mas vem no tempo certo, tá? Estamos esperando você, nós três.”

Por Renato Maluf

Uma resposta to “E aí o pai encontra esse achado…”

  1. Lorde Lobo 17 de janeiro de 2014 às 1:44 PM #

    É… estou vivendo esta espera também… vale cada dia! E que também venha na hora certa!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: