Do mundo que uma criança faz um pote de lindezas

7 mar

Gente, hoje, o Pi (Pietro) da Ma (e do Renato também) completa 1 ano!

É tanto a se dizer sobre o sentir do correr desse primeiro ano (e eu bem sei, porque daqui a umas semanas é a vez do meu Dimi)… A gente fala que um filho ‘é’ dessa ou daquela pessoa, como se eles pertencessem a alguém, quando na verdade nós é que nos damos por inteiro a eles, desde o trocar do primeiro olhar… Ai, ai… Bom, não falo mais!

Eis um poema todinho para o Pi [parabéns, amadinho]:

7 de março de 2013: Parabéns Pi! [1 ano]

7 de março de 2013: Parabéns tb do AG, Pi! [1 ano]

Há um ano
que eu exploro
o mundo como se fosse
uma caixa de brinquedos
e outras
quinquilharias
e tantas
lindezas
tal como um pote
em que um gigante observa]
humanos feito hastes
flexíveis
e adivinha
as proezas
que uma vez livres
poderiam eles fazer

há um ano que peguei
com minhas pequenas
e rechonchudas mãos
e chacoalhei o pote
a caixa
o mundo
de algumas pessoas
que dizem ser eu
o mundo delas
enquanto me abraçam e
às vezes chocalham um pouco
também
são elas um
mundo para mim
por ora, por ora…
e o tempo corre
enquanto aprendo eu
a correr o mundo
inteiro
de mãos dadas com elas.

[“Do mundo que uma criança faz
um pote de lindezas” –  de Ju Blasina]

Anúncios

3 Respostas to “Do mundo que uma criança faz um pote de lindezas”

  1. Fabi 7 de março de 2013 às 11:36 AM #

    Ai gente, que fofo! Lindo demais Ju! E muito muito muito parabéns pro Pi, pra Mari e pro Renato. Passei por esta experiência do 1º aniversário recentemente tbm e vi o quanto isso é mega especial. Sem querer a gente revive tudo tudo,olha no relógio toda hora acompanhando cada minuto e sentindo psicologicamente cada coisinha, cada contração. É muito gostoso! Que venham outros anos incríveis para esta família tão linda! 🙂

    • Ma Morini 7 de março de 2013 às 1:55 PM #

      Obrigada Fabi linda!
      E que venham outros anos incríveis pra sua família linda tbm.
      Cheiro no Jao.

  2. Ma Morini 7 de março de 2013 às 1:53 PM #

    Ahhhhhhhh, mas as lagrimas escorreram aqui!
    Ju, querida! Quanta emoção. Que poema mais lindo. Muito obrigada, amiga. Muito obrigada, mesmo. Pelo poema, pela companhia diária, pela companhia, pelo ouvido, pelo Dimi lindo, por tudo!!
    Quando Pi crescer, ele vai ler essa lindeza e vai ter muito orgulho dessa tia.
    Beijos no coração.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: